Micrômetro

O micrômetro ou parafuso micrométrico é constituído por um parafuso de passo constante (uma rotação completa do parafuso corresponde a um deslocamento de um passo p). Ele é utilizado para medidas com resoluções da ordem de 10-5m (0,01mm). Apesar de mais exato que o paquímetro, o micrômetro é um instrumento menos versátil. As dimensões medidas não podem passar de alguns centímetros e devem corresponder sempre a diâmetros externos. A Figura 1 ilustra um micrômetro com cortes, mostrando sua estrutura interna.

Ao se efetuar uma medida, o objeto é colocado entre o fuso e o batente e o parafuso é deslocado até que as pontas toquem o objeto. A maioria dos micrômetros tem uma peça especial, denominada de catraca, na extremidade do parafuso. Quando o parafuso é rotacionado pela catraca e as pontas encostam-se ao objeto, essa peça alivia a pressão excessiva que o operador possa realizar sobre o objeto, para garantir sempre a mesma pressão das pontas sobre o objeto medido. Ao aliviar a pressão, a catraca produz um ruído característico de uma comum. Para se utilizar o instrumento, é necessário determinar a correção do zero, avançando as duas superfícies até que as duas pontas estejam em contacto com a pressão determinada pela catraca. Caso o zero da escala no tambor não coincida com o zero da escala linear, a leitura desse valor deve ser corrigida.

Figura 1 - Micrômetro capaz de medir dimensões de até 25mm com uma resolução de 0,01mm.

O deslocamento do parafuso micrométrico é observado diretamente na bainha, que apresenta uma escala graduada em milímetros, geralmente subdividida em 0,5 mm, com as marcações dos milímetros para o alto e dos meio-milímetros para baixo.

Figura 2 - Detalhe da leitura de uma medida feita na bainha de um micrômetro

O tambor que proporciona a leitura dos demais algarismos está fixo ao movimento do parafuso. O princípio de funcionamento do micrômetro consiste em dividir o deslocamento de um passo do parafuso micrométrico por um número N (normalmente N=50 ou N=100) de divisões, no movimento circular do tambor. Por exemplo, se o passo do parafuso micrométrico for de 0,5 mm e o tambor contiver 50 divisões, cada uma destas corresponderá a um deslocamento de 0,5 mm/50= 0,01 mm. No detalhe do micrômetro apresentado na Figura 5, a leitura a ser feita é

A resolução do aparelho normalmente é indicada no próprio instrumento. Entretanto, ela pode ser deduzida do valor de uma subdivisão do tambor. No exemplo dado, uma subdivisão vale 0,1 mm, como já foi visto e, portanto, dL =0,01 mm Þ L=(10,72±0,01)mm. Os micrômetros de maior resolução utilizam uma escala de vernier para fazer a leitura da bainha graduada.

#conexoes #medida #mangueiras #manutenção #tubos #engenharia #roscas #tubosmetálicosflexiveis #metrica #conexões #paquimetro #fisica

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

GOSTARIA DE UM ORÇAMENTO?

VENDAS

 

ADMINISTRATIVO

SISTEMA DE GESTÃO DE QUALIDADE

 

COMERCIAL

CONTATOS

​RUA WANDENKOLK,464 - MOOCA

SÃO PAULO - SP

CEP 03102-030​
Tel: +55

11 3208 0122

11 3209 4625

11 98992 6006

 

  • w-facebook
  • w-googleplus
  • Twitter - círculo cinza